“Eu tinha algum amor, eu era bem melhor. Mas tudo deu um nó e a vida se perdeu.” ♪♫
Momentos Só Meus
home ask.fm Twitter Tumblr 2
Um amigo não racha apenas a gasolina. Racha lembranças, crises de choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos. Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta. Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu. Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon. Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. Se tiver um, amém.
Martha Medeiros.  (via publicadora)
Eu juro que não. Eu nego. Com a boca, digo não. Hoje, não. Negativo. Agora não. Não dá mais. Não pode ser. Não. Nem pensar. Não, eu disse. Porque não. Não, não e não. Repassando - não. Não, mas obrigado. Quando digo não é não. Pela última vez: não. Aí você abre a porta e tudo muda de figura. Ah, não.
Gabito Nunes. (via cerejeiro)
Feche os olhos e pense em um lugar. Agora pense em uma pessoa. Se você demorar pra pensar em alguém, você se sente só. Se você sentir uma dorzinha no coração, você sente saudades. E se você pensar, quase que instantaneamente, em alguém, você sente amor.
Querido John.   (via relevoar)
Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde. Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.
Caio Fernando Abreu. (via enamorava)
Eu estou aqui,
Mas não por muito tempo.
Pearl Jam  (via sintoso)
Eu não sei. Não me importa mais.
Caio Fernando Abreu. (via publicadora)
Mas aí eu quis mais tempo para que pudéssemos nos apaixonar.
Jhon Green.   (via alentador)
Você só fala, promete e nada faz.
Feelings of Muller.    (via sintoso)
Me enfiei em casa e não saí. Um desgosto. Leio o tempo todo. Sento no jardim. Ouço música. Tento escrever, mas não sei se quero ou se preciso, e não consigo. Umas carências.
Caio Fernando Abreu. (via reatou-se)

FS © Momentos Só Meus